segunda-feira, 19 de agosto de 2019

JOGOS QUE VOCÊ DEVERIA OUVIR #1 – DONKEY KONG COUNTRY


SAUDAÇÕES A TODOS,
Tentarei iniciar hoje uma sequência especial de matérias visando o importantíssimo trabalho de um jogo, que é sua trilha sonora, responsável por grande parte da intensidade emocional da sua experiência como jogador. Para isso, vou começar com um clássico que marcou a infância de todos nós: Donkey Kong Country.

segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Civilization - O Turn-Based Strategy que merece seu coração

Sem dúvidas, Civilization é um jogo que eu tenho o prazer imenso de estar pensando estrategicamente a cada turno sem que eu me canse de forma alguma, podendo ficar horas ou dias nele.

segunda-feira, 5 de agosto de 2019

Gatos e sua Simbologia no Japão

Olá , queridos leitores!
Estaremos abordando de uma forma especial a simbologia que os animais exercem na cultura japonesa assim compondo a área cultural do site. A cada mês você acompanhará comigo Sobre um animal e a sua relação com os japoneses, literalmente sua simbologia. Começaremos então com o Gato.

Os gatos foram Trazidos da China na Era Nara com o intuito de acabar com a praga que dominava o Japão: os Ratos (não muito diferente da Europa em uma certa época). Desde então são extremamente adorados e respeitados pelos japoneses. Eles são considerados símbolos de boa sorte e sucesso e normalmente lembrados pelo Maneki Neko :uma estatueta que possui diversos tamanhos , dada como presente para desejar sorte.
Certamente os gatos são retratados assim pelo motivo de limpar o rosto , no qual é assemelhado ao ato de acenar Com a pata levantada, ele parece saudar quem chega e atrair as boas graças da fortuna. No design das figuras, a pata direita levantada supostamente atrai dinheiro, enquanto uma pata esquerda levantada atrai clientes. Ele uma coleira vermelha com um sino. Isso é uma lembrança dos costumes do período Edo (1603 – 1867), quando o gato era um animal de estimação caro. As damas da corte agradavam seus gatos, colocando-lhes coleiras vermelhas, feitas de hi-chiri-men (que é um tipo de tecido luxuoso da época)e pequenos sinos para vigiá-los.Os mais populares são os Maneki Nekos Tricolores, que tema simbologia de muita sorte. Normalmente são encontrados em lojas, restaurantes, salas de Pachinko (que são as casas de jogos japonesas) e de outros negócios.
Porém não é só pelo Maneki Neko que os gatos são lembrados. Temos também o Bake-Neko ou “gato monstro”, do folclore japonês.Dizem que um gato com habilidades sobrenaturais parecidas com as de uma Kitsune ou de um Tanuki. Um gato pode virar um Bakeneko de várias maneiras:
  • . Atingindo certa idade;
  • Sendo mantido preso por certo número de anos;
  • Crescendo até certo tamanho;
  • Tendo uma cauda muito grande.
Sendo o ultimo na qual irei abordar:
Neko-Mata significa Gato dividido. Quando os gatos possuem uma cauda grande, se divide em duas. Acreditam que ele tem o poder de manipular os mortos (cadáveres) como marionetes e de vez em quando, até dança com eles como se fossem um par de dançarinos. Uma de suas maiores maldades é manipular o morto fazendo-o entrar nas casas para aterrorizar as pessoas.
No período “Edo”, nasceu as lendas sobre esses felinos, tais como: gatos sagrados de mosteiros; gatos que dão sorte; gato da fortuna; gato celestial; gato que traz saúde e tantas outras lendas de gatos que não dá para descrever em um único artigo. As lendas sobre gatos que mais assombram, relatam sobre gatos que podem se transformar em terríveis monstros. Não importa qual lenda seja, os japoneses amam os gatos.
Pitoco, mascote oficial da equipe heyuuko.

sexta-feira, 1 de março de 2019

REVENDO CLÁSSICOS: TOMB RAIDER E O INÍCIO DA ERA CROFT



Ultimamente (para ser exata,  há alguns anos) me bateu uma fortíssima nostalgia no que tange aos jogos que me diverti ou esquentei minha cabeça na infância. Logo, busco separar um tempo para voltar a joga-los e sentir toda aquela sensação que tinha quando pequena. Aliás, uma delas é Tomb Raider. Sempre fui uma criança apaixonada por história e mitologia desde pequena, com ênfase em arqueologia.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Enquanto estiver respirando, jamais desistirei


Olá para você, querido leitor(a) neste humilde site.
Teremos uma franca conversa hoje. 
Primeiramente, não sei de onde vem a fonte de que eu me erga depois de vários puxões de tapete, ataques nos meus projetos, fora as pancadas que a vida faz o favor de me dar com pessoas que cruzam o meu caminho nessa jornada que sempre buscamos um sentido.